Acesso do Iguatu premia planejamento e reinsere Centro-Sul no futebol cearense

Azulão comemorou acesso em Horizonte (Foto: Reprodução/FCF TV)

Tudo foi programado antes. A festa que se viu hoje no estádio Domingão, em Horizonte, não foi por acaso. O Iguatu conquistou neste domingo, com uma histórica goleada por 4 a 0 sobre o Maracanã, o que foi planejado bem antes do Campeonato Cearense Série B ter começado. A boa execução garantiu, o clube pela primeira vez e a região depois de 20 anos, na elite do futebol estadual.

Em uma reunião, no começo do ano, empresários e políticos se uniram em torno do Iguatu. Alguns se tornaram dirigentes, outros apoiaram mesmo sem cargos. Em mente, o objetivo do acesso. Os recursos vieram da iniciativa privada e do poder público e proporcionaram duas coisas básicas para se alcançar os objetivos: ótima estrutura e boas contratações.

O Azulão formou um elenco que não passaria problemas se já estivesse disputando a Primeira Divisão. Elanardo, Otacílio Neto, Ciro, Torun foram alguns exemplos que chegaram no início dos trabalhos. Mas os resultados não foram bons e a mudança no comando técnico foi inevitável. Roberto Carlos trouxe reforços pontuais que vieram do Horizonte como Marciano, Caio Acaraú, Canga e Otacílio Marcos. O trabalho passou a render o que se esperava e o time conseguiu uma incrível sequência de cinco vitórias consecutivas, 16 gols anotados e apenas quatro sofridos.

A torcida do Iguatu merece um capítulo à parte. O Morenão tem a maior média de público do Campeonato Cearense Série B. Torcedores que cobraram no início ruim, mas apoiaram muito quando as coisas melhoraram. Os próprios jogadores sempre reconheceram a importância do incentivo que venho das arquibancadas.

Entre 1996 e 1997, o Iguatu Futebol Clube representou a região Centro-Sul no Campeonato Cearense. Agora é a vez da Associação Desportiva Iguatu, clube fundado a apenas 10 anos, mas que tem tudo para chegar forte no próximo ano. Se depender do planejamento traçado para o acesso, o torcedor iguatuense pode se acostumar a comemorar.

Comentários